Pets Abroad

Sobre nós

Somos uma empresa de consultoria veterinária para viagens de pequenos animais (cães e gatos). Preparamos o seu melhor amigo e toda a documentação necessária para viagens nacionais e internacionais, seguindo as legislações específicas de trânsito animal de cada país, priorizando a saúde e conforto durante a viagem.

Quem somos

Missão

Oferecer excelência na preparação de cães e gatos para viagens nacionais e internacionais, bem como proporcionar segurança e tranquilidade aos tutores nesse evento.

Visão

Ser referência em serviços veterinários para viagens de cães e gatos.

Valores

Usar todo conhecimento clínico veterinário para oferecer segurança, saúde e conforto, priorizando sempre o bem-estar animal durante todo o preparo da viagem e do transporte propriamente dito. Recorrer sempre e exclusivamente, ás boas práticas, financeiras, médicas e de relacionamento.

Como nasceu a Pets Abroad?

Médico Veterinário formado pela UNESP, com Residência em Clínica Médica e Cirúrgica pela USP (Universidade de São Paulo) e Mestrado em Administração Hospitalar pela FGV, Marcelo Quinzani atua há 25 anos como Diretor Clínico no Hospital Veterinário Pet Care de São Paulo. Trabalhando junto a uma grande equipe multidisciplinar nesses anos todos, já preparou centenas de animais para viajar para diversos países ao redor do mundo sempre acompanhado de seus tutores, incluindo, Inglaterra, Japão, Alemanha, Portugal, China, Emirados Árabes, Itália, Estados Unidos, México, Canadá entre outros.

Toda experiência clínica proporciona segurança e facilidades aos clientes e expertise no preparo do animal e de toda documentação necessária sempre seguindo as regras internacionais de trânsito animal e respeitando as diferentes legislações específicas de cada país. Ao proporcionar saúde, segurança, conforto e diminuir o estresse para o pequeno viajante e seu tutor, fazemos da experiência de viajar com o seu pet, um momento de prazer e cumplicidade que experimentamos toda vez que compartilhamos a companhia desses nossos fiéis amigos.

Assim nasceu a Petsabroad. Um serviço único e exclusivo, que prima pela excelência em todos os aspectos e em todos os passos dos preparativos para viagem e da viagem propriamente dita.

Pets Abroad

PETS ABROAD

Assista nosso vídeo

Dicas

Algumas Dicas

  • Confira a idade permitida para cada localidade

    Com exceção de alguns países, que aceitam receber animais com menos de três meses de idade, para a maioria dos países, a emissão do CVI somente poderá ser efetuada depois de vencidos os 30 (trinta dias) da primeira aplicação da vacina anti-rábica, impossibilitando assim a viagem de animais com idade entre 3 e 4 meses. Para os filhotes a partir dos 3 meses de idade a vacinação anti-rábica é obrigatória.

  • Pergunte para sua companhia aéra sobre as restrições de épocas

    Como os cães e gatos não perdem calor “suando” pela pele como os seres humanos e por conta disso usam a respiração para tal, muitos animais podem passar mal e até virem a óbito se submetidos a altas temperaturas e situações de estresse. Assim muitas companhias aéreas não permitem o embarque no compartimento de bagagem se a temperatura ambiente estiver acima de 23º Celsius, não permitindo a movimentação de animais entre 1º de junho e 30 de setembro no hemisfério norte nos aeroportos de Atlanta, Dallas-Fort Worth, Fort Lauderdale e Houston, Las Vegas, Miami, Orlando e Phoenix.

    OBS: Temperaturas muito baixas também podem impedir a movimentação de animais em compartimento de carga durante o inverno.

  • Se atualize sempre sobre as novas legislações de cada país

    Muitos países impõem restrições a algumas raças especificas. O caso mais notório é a Austrália e da Nova Zelândia que proíbe a entrada de determinadas raças (Dogo Argentino, Fila Brasileiro, Tosa Japones (Tosa Inu), Pit Bull, American Pit Bull, Presa Canário (Dogo Canário) ou qualquer mistura dessas raças), além de proibição de movimentação de cães direto do Brasil para a Austrália. Os cães Brasileiros que forem entrar na Austrália, desde que não sejam as raças proibidas, precisam fazer uma quarentena de 6 meses antes de embarcar para o país.

  • As principais raças que não podem viajar

    Companhias aéreas bem como legislações dos países restringem ou impedem a circulação de determinadas raças de cães e gatos. Os animais braquicéfalos (de focinhos curtos e achatados) possuem uma dificuldade natural de respirar em situações de estresse e calor e por conta disso podem passar mal durantes os voos. Pensando nisso muitas companhias aéreas não permitem o seu embarque no compartimento de cargas. Principais raças Braquicéfalas de Gatos: Burmes • Exótico • Himalaia • Persa. Principais raças Braquicéfalas de Cães: American Bulldog (Buldogue Americano) • American Staffordshire Terrier • American Pit Bull Terrier • Boston Terrier • Boxer • Brussels Griffin • Bulldog • Chinese Pug • Chow-Chow • Dutch Pug • English Bulldog (Buldogue Ingles) • English Toy Spanel • French Bulldog (Buldogue Frances) • King Charles Spaniel • Lhasa Apso • Japanese Boxer • Japanese Pug • Japanesa Spaniel • Mastiff (todas as raças) • Pequinês • Pug • Shar Pei • Shih-Tzu • Stafford Bull Terrier • Tibet Spaniel.

  • Quando eles precisam de caixas especiais?

    Para o seu pet viajar com segurança e conforto é necessário que a caixa de transporte esteja dentro de padrões internacionais exigidos pelas companhias aéreas e pela IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo). Veja aqui como escolher a caixa de transporte correta para o seu animal.

Nossos Cases

Nossos Cases

Cases

Freddy

Japão - Asia

Cases

Jack

Califórnia - EUA

Cases

Pink

Itália - Europa

Parceiros

Contato

Entre em contato conosco para dúvidas e sugestões ou solicite um orçamento.

Nome

E-mail

Sua mensagem não foi entregue, entre em contato por e-mail ou telefone.